terça-feira, 22 de março de 2011

Perturbação


Já não tenho forças para chorar, me matar perdeu o sentido, espero que o ser que me observa seja mal e me extermine desse jogo de perturbação, pois, se nem eu mesma me entendo, como posso exigir que alguém o faça. Ninguém tem culpa do meu fracasso, é consequência de decisões mal tomadas, impulso sempre gera o arrependimento e este ultimo não gera nada mais que dor. Carrego comigo lembranças de abusos inexplicáveis  ou simplesmente falta de determinação mesmo pra esquecer e continuar a viver. Sempre quis ser vitoriosa, mas tenho decepcionado até o meu eu. Hoje sinto-me como o apóstolo Paulo mencionou '' morrer pra mim é lucro'', mas ao contrário dele, tenho decepcionado a Cristo.
Postar um comentário