segunda-feira, 8 de junho de 2015

Adaptado




Escreveria sobre realizações, se tivesse realizado.
Falaria de meus sonhos, se os tivesse sonhado.
De coisas interessantes, se tivesse me interessado.
Sentiria saudades de um amor, se tivesse amado.
Do que é mais importante, se tivesse me importado.


Escrevo sobre o que não sei, por nunca ter aprendido.
Falo da realidade, verdadeiramente do que não realizei.
É tudo irrelevante, nada faz sentido, não tem que fazer.
Superficial o amor, os sonhos que tive,  não os sonhei.
À vontade dos outros, meus sonhos adaptei.





Postar um comentário