segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Eternidade


Pra não falar só de igreja, mas tocando no assunto, hoje em dia tem tantos evangélicos no mundo, glória a Deus por isso! 
Só no Brasil são cerca de 25% da população com dados do IBGE em 2014. Mas tem surgido uma geração que é crente desse mundo para esse mundo mesmo, que foram para a igreja se refugiar de alguma coisa, sofrimentos e das coisas ruins que acontecem pra todo lado, pois na igreja passa-se a viver de forma a pensar estar seguro, a família fica bem melhor, os filhos tambem. Outros porque a música é boa e se sentem bem nos cultos, mas saiu dali voltam a ser a mesma pessoa de antes, talvez possam ser chamados de agentes secretos de Deus, é crente mas não quer que ninguém saiba, por aí. E outros e ate mesmo igrejas que nem sequer falam que estão aguardando a volta de Jesus, pensam que isso é demais para crer, não há cabimento nisso, então vou só ser crente mesmo, esse negócio de eternidade não me convence não e aí por diante. Outros tem vergonha de cumprimentar com a Paz do Senhor, no máximo dizem Paz... Pra não parecerem os crentes antigos, ultrapassados, crentes esses que querem transmitir a Paz de Jesus Cristo nosso Senhor, que chegou a dizer, a minha paz vos deixo a minha paz vos dou, não a paz que o mundo conhece... quer dizer então que é a paz do Senhor!!! 
Mas ta na moda adorar a Deus, (na igreja, pois fora dela, só Jesus pra ter misericóridia) ser cheio da unção e tal, então pregam ou buscam um Jesus que traz felicidade, um Jesus que cura, liberta, mas não pregam o céu, não falam do arrebatamento, não falam da vida eterna, pois para o mundo isso é loucura e esses ditos evangélicos querem ser abençoados aqui, amam o mundo e não fazem questão de sair dele. Não que seja errado, ou que não possamos desfrutar das benção aqui no mundo, mas é necessário que se saia da religiosidade e pregue e busque a vida eterna a salvação em Cristo Jesus, aquele que foi, mas disse que voltará, pois na casa do Pai há muitas moradas, Ele foi prepara-las para nós. Tem crentes desta era que não sabem disso, ou sabem e não se importam, fingem que não entendem, mas é bom que se espere por Jesus hoje, a palavra diz que Ele virá como um ladrão na noite, por isso temos que saber, entender e esperar, mas para alcançar a vida eterna não basta saber, tem que viver conforme a palavra diz. 
No evangelho segundo escreveu Lucas no capítulo 10 versículo 25 a seguir, um homem da lei, quer dizer que era estudioso da palavra de Deus, quis testar Jesus perguntando-lhe ''que farei para herdar a vida eterna''? O Senhor Jesus disse a ele: Que está escrito na lei? Como lês?
E, respondendo ele, disse: Amará ao Senhor teu Deus de todo teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. E disse-lhe Jesus: Respondeste bem, faze isso e viverás. Ele querendo justificar-se perguntou: E quem é o meu proximo? Jesus lhe contou a parábola do bom Samaritano, resumindo, o próximo é quem está próximo, é todo ser que respira, que precise de você que esteja ao seu alcance e que você possa socorrer, ajudar, cuidar, amparar como aquele Samaritano que se encheu de compaixão por aquela vida.
Temos que falar do ceu esperar o ceu, buscar o ceu. A vida eterna pertence aquele que subir com Jesus. Não seja crente só para este mundo, não se envolva em contendas, questões que vão te afastar de Deus. A coisa mais importante para o crente tem que ser ganhar almas para morar no céu, não só para reuniões agradáveis quando está com tempo livre. Quanto mais esperamos o céu mais nos aproximamos de Deus nesta terra e abrimos o nosso coração para que Ele habite sem reservas, mas por completo.  
O crente que vai morar no céu é diferenciado, pois ele já vive ensaiando para viver lá, ele já se parece com um morador do céu.
Portanto, vamos deixar de teatro, a vida com Deus é muito boa, mas a eternidade com Deus será infinitamente melhor.







Postar um comentário