*

Minha vida,
meus sentimentos,
minha estética,
todas as vibrações
de minha sensibilidade de mulher,
têm, aqui, suas raízes.

Cora Coralina

(Yohana Sanfer)

"Não sei se viro menina, se viro mulher, se viro todas. Se viro santa, se viro doida. Quem sabe viro onça. Viro a mesa, viro o jogo, viro a página. Quem sabe levo a vida do avesso?! Quem sabe eu viro eu mesma. Mas pode ficar tranquilo. Eu me viro."


Participe da enquete a seguir!


Você acredita que os sonhos trazem mensagens para nossas vidas?
Sim, sempre dão certo com minha realidade.
Não, isso é uma bobagem!
As vezes tem alguma coisa a ver mesmo.
Não é apenas coincidência!
Sim, olho o significado de todos!



segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Amigo desconhecido.


O dia em que falou comigo, totalmente desconhecido,
Não era estranho, mas, estrangeiro. 
De uma terra bonita e rica, a terra dos mineiros.

Pra não ser tão inocente, tentei ser atrevida, 

Te fiz uma pergunta pra saber da sua vida.
De propósito capciosa, para analisar sua reação,
e não somente a resposta pra minha indagação.

Atencioso e interessado colocou-se a responder, 

Deixando claro que sua intensão era só  me conhecer.
Não tinha maldade era fascínio 
Naquele encontro casual que nos proporcionou o destino.

Ainda a pouco te conheço e muito te estimo,

Por ser  boa pessoa, um grande homem, um bom menino.

Agradeço a Deus por tua vida e pela a amizade também.

Peço a Ele que te guarde, protegendo de todo mal, amem! 
Postar um comentário